Análise Microsoft Windows Server 2008

12 02 2008

Como vocês já devem estar sabendo a gigante Microsoft anunciou lançar oficialmente o Microsoft Windows 2008 no final de Fevereiro de 2008, como tenho muito interesse por novas tecnologias, me inscrevi no site da Microsoft para poder testar o produto, e abaixo contarei a vocês como se saiu esta nova versão do Windows.

Ambiente de Teste:

  • Processador: Intel Pentium IV 1.60 GHz (northwood);
  • Placa Mãe: Intel D850MD;
  • Bios: MV85010a V.2.30;
  • Memória: 1GB (4x RIMM RAMBUS 256Mb/16 @ 400Mhz)
  • Placa de Vídeo: Nvidia Riva TNT2 M64 32MB AGP 4x;
  • Placa de Som: Intel 8180 AC’97 Audio Controler;
  • Placa de Rede: Realtek 8139 10/100;
  • Hard Disk: Samsung SP0822N 80GB (ATA100 2MB cache);
  • Sistema Operacional: Microsoft Windows Server 2008 Enterprise Build 6001 32Bits (BETA);
  • Service Pack: 1 V.275;
  • Idioma: Inglês.

 

Microsoft Windows Server 2008 Enterprise.

Como vocês podem ter notado, não utilizei um super-computador para realizar os testes, na verdade isto foi proposital para que eu pudesse avaliar como o sistema se sairia em maquinas mais antigas.

Eu nunca fui um grande fã dos produtos da Microsoft, mais desta vez acredito que eles acertaram em cheio o alvo, acredito que nunca utilizei um produto da Microsoft tão estável e veloz, e o que mais me surpreende é esta ser uma versão teste.

Eu estou utilizando este sistema a pouco mais de 38 dias, e houve apenas um travamento, o qual não foi nem por problemas no Windows, eu queria saber como ele se comportaria com alguns modes no visual dele, coisa que odeio, acredito que não haja nada pior para acabar com a performance e a estabilidade dos sistemas do que modes, pois bem resolvi instalar o WindowBlind 5.1, como eu suspeitava após instalar e aplicar alguns temas, o sistema ficou lento e travando o explorer, mais bastou desinstalar o mesmo, e tudo voltou a ficar como era antes, rápido e estável.

O novo sistema operacional da Microsoft, demonstrou-se absurdamente mais rápido que o Windows Vista Ultimate, isto porque a maquina que roda o Vista é muito superior a qual eu fiz os testes nos Microsoft Windows 2008.

O que mais me impressionou nesta nova versão, é que quando você termina de instalá-lo, o único programa que vem com o mesmo é o Internet Explorer 7.0, qualquer outro programa que você queira instalar você terá que fazê-lo depois da instalação acessando a opção ” Add Features “, por esta opção você consegue adicionar a ele o Windows Media Player 11, por exemplo, e vários programas para administração de servidores.

Nas opções de monitoramento do sistema ele vem com um completíssimo sistema chamado “Reliability and Performance”, que conta com vários gráficos e medidores dando informações de uso da cpu, hard disk (leitura e escrita), memória e rede.

Reliability and Performance

 

Painel Reliability and Performance do Microsoft Windows 2008.

Outra mudança muito boa que o Microsoft Windows 2008 apresenta, é que nas suas janelas, à baixo da barra de endereço, ele conta com alguns botões de fácil acesso, que alteram suas funções de acordo com o local no qual você está, por exemplo, quando você está com uma pasta selecionada, um destes botões já passa a ter a função “Burn”, assim que você clicka neste botão ele já da inicio ao processo de gravação de cd ou dvd, um outra pequena, mais muito importante mudança, em relação aos outros Windows, é que quando você pressiona “F2” para renomear o arquivo, ele seleciona automaticamente o nome, preservando a extensão, me irritava muito nas outras versões do Windows, quando ia renomear os arquivos e sem querer alterava também a extensão, agora com o Windows 2008, você somente fará isto se você quiser.

Agora o nosso velho e conhecido, Paint, ganhou cara nova, mais funcionalidades que é bom, nada, continua o mesmo programa limitado.

Bom pessoal, para finalizar deixo bem claro o seguinte, não testei ainda o Microsoft Windows 2008 como servidor de uma rede, pois mesmo o sistema se demonstrando tão estável como está, ainda acho muito cedo para arriscar meu emprego pelo mesmo, a utilização que fiz do mesmo foi como estação de trabalhos avançados e desenvolvimento de softwares, nos 38 dias que o utilizei, a maquina que estava com o mesmo passou a ser meu CPU de trabalho, todos os dias das 8 da manhã as 18 horas eu o utilizava, pretendo logo mais, estar implementando um servidor de rede teste, com o mesmo e assim que o fizer, reportarei a vocês, espero que tenha sido útil.

Links para informações e downloads do Microsoft  Windows 2008:


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: